Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Votação on line
Você está se preparando para os concursos 2011?
sim, mas preciso estudar
sim, estudo quando posso
sim, mas tó sem tempo
sim, estou preparado
não me interessa.
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (528 votos)




ONLINE
1










Exames/Glossário

Exames/Glossário

 


Principais Exames

 


Radiologia

O que é?

A radiologia é o método de investigação por imagem que originou o nome da especialidade. A radiologia utiliza os Raios-X, que são radiações eletromagnéticas.

Doenças que melhor detecta:

Pneumonia, edema pulmonar, pneumoritônio, obstrução intestinal, tuberculose, doenças do aparelho urinário, doenças do sistema esquelético e locomotor.

Ultrassonografia

O que é?

A ultrassonografia é um método de diagnóstico por imagem que utiliza ondas sonoras com frequências acima das audíveis pelo ouvido humano, chamadas de ultrassom. Tem a vantagem de não utilizar radiação ionizante e fornece imagens em tempo real.

Doenças que melhor detecta:

Efusões pleurais, lesões pélvicas e abdominais, colecistite, apendicite aguda, cirrose hepática, doenças da tireoide.

Mamografia

O que é?

A mamografia é um método de investigação das mamas que utiliza radiação ionizante e produz imagem com a utilização de técnicas de baixa tensão para garantir que as interações fotoelétricas produzam o contraste anatômico desejado.

Doenças que melhor detecta:

Nódulos, calcificações e distorções da mama, lesões não palpáveis, câncer de mama.

Tomografia Computadorizada

O que é?

A tomografia computadorizada (TC) é uma técnica de imagem que permite visualizar cortes transversais da anatomia humana usando-se os Raios X e o auxílio de um computador. Pode ou não ser utilizada com meio de contraste iodado.

Doenças que melhor detecta:

Mediastinais, tromboembolismo pulmonar - TEP, bronquiolite, edemas, câncer de pulmão, apendicite aguda, pancreatite aguda, diverticulite do cólon, colecistite aguda, ruptura de aneurisma da aorta, sofrimento vascular, obstrução intestinal, pneumonia, cálculo renal, doenças de crânio.

Ressonância Magnética

O que é?

A ressonância magnética (RM) é um método radiológico que utiliza radiação eletromagnética na formação da imagem que compreende num sistema de magnetos (ímãs), bobinas (antenas emissoras e receptoras de radiofrequência) e um conjunto de computadores. Portanto, não utiliza radiação ionizante, nem necessita de meio de contraste iodado.

Doenças que melhor detecta:

Vasculares, do coração, alterações mediastinais, efusões pleurais e arcabouço ósseo-torácico.

Medicina Nuclear

O que é?

A medicina nuclear é um método de diagnóstico por imagem baseado na captação de isótopos radioativos artificiais ingeridos ou injetados em veia periférica. As imagens são conhecidas como cintilografias ou cintigrafias. Com o advento do PET (Tomografia por Emissão de Pósitrons) as análises do corpo humano são feitas em nível celular.

Doenças que melhor detecta:

Osteomielite aguda, metástases ósseas, doenças renais, doenças da tireoide, doenças do esôfago, doenças do sistema digestivo, doenças hepáticas, doenças pulmonares, hidrocefalia, fístulas liquóricas, derivações ventrículo-peritoniais, lesão cerebral superficial, doença de Alzheimer, epilepsia, isquemia cerebral, cânceres de cabeça/pescoço/rim/pulmão, linfomas e melanomas.

Fonte: Departamento de Comunicação do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem


site:http://www.cbr.org.br/





GLOSSÁRIO DE RADIOLOGIA 


Acelerador
 
Aparelho para aumentar a velocidade e a energia de partículas elementares carregadas (por exemplo, elétrons e prótons), utilizando-se campos elétricos e/ou magnéticos. Exemplos: ciclotrons, aceleradores lineares, síncrotrons e geradores.
O novo ciclotron do instituto da CNEN em São Paulo, um exemplo de acelerador de partículas.
Átomo
É a menor porção que caracteriza um elemento químico. Contém um núcleo composto por prótons e nêutrons, com elétrons girando ao seu redor. Numa simples gota d'água, existem cerca de 6.000.000.000.000.000.000.000 de átomos.
Blindagem
Material utilizado para diminuir a intensidade da radiação.
 
Blindagem das Radiações
Redução das radiações por interposição de um material absorvedor.
 
Bomba de Cobalto
 
                   É um dispositivo contendo cobalto-60, destinado ao tratamento do câncer. O termo correto para definir este dispositivo seria fonte de cobalto.
Ciclo do Combustível
Série de processos envolvidos no preparo e recuperação de combustível para reatores nucleares de potência. Inclui mineração, refino, enriquecimento, fabricação de elementos combustíveis, uso no reator, processamentos químicos para recuperar e reconverter o material fissionável ainda existente no combustível usado e re-enriquecimento do material combustível para uso no ciclo seguinte.
Ciclotron
Acelerador de partículas no qual as partículas carregadas recebem acelerações sucessivas e sincronizadas, utilizando-se a diferença de potencial elétrico. Com o aumento da velocidade da partícula, um feixe vai tendo seu raio aumentado, numa trajetória em espiral, até que ele é destacado em direção ao alvo a ser bombardeado.
Combustível Nuclear
Material físsil ou fissionável utilizado num reator nuclear para produzir energia. O termo é também usado para definir uma mistura como a do Urânio natural - na qual somente pequena parte dos átomos presentes é constituída de materiais físseis -, se esta mistura for capaz de manter uma reação em cadeia.
Contador
Designação geral aplicada aos instrumentos detectores de radiação ou medidores radiométricos que detectam e medem radiações.
Contaminação Radioativa
A contaminação, radioativa ou não, caracteriza-se pela presença indesejável de um material em determinado local onde não deveria estar.
Curie
Unidade de radioatividade correspondente a 3,7 X 1010 desintegrações por segundo. O nome é uma homenagem a Madame Curie, que descobriu o rádio em 1898.
  • Decaimento Radioativo
    Transformação espontânea de um nuclídeo em outro diferente ou do mesmo nuclídeo, tornando-se mais estável. Deste processo resulta a diminuição, ao longo do tempo, do número de átomos radioativos originais de uma amostra.
    Detector
    Instrumento para detectar radiações, que funciona a partir de um material ou dispositivo sensível às radiações, capaz de produzir um sinal resposta, possível de ser medido ou analisado.
    Dose Limiar
    Dose de radiação ionizante que produzirá um efeito biológico detectável.
    Dosimetria das Radiações
    Medida da quantidade de radiação liberada em um local específico ou a quantidade de radiação absorvida neste local.
    Dosímetro
    Dispositivo que mede a dose absorvida de radiação. Exemplo: filme dosimétrico.
  •  

  • Elemento Combustível
    Conjunto de varetas combustíveis mantidas unidas por espaçadores e formando um feixe que é introduzido individualmente no reator nuclear. O núcleo do reator é formado por um grupo de elementos combustíveis.
    Elétron
    Partícula elementar com uma unidade negativa de carga elétrica. Os elétrons de um átomo circundam seu núcleo.
    Energia Nuclear
    Energia que o núcleo do átomo possui, mantendo prótons e nêutrons juntos. Pode ser liberada por uma reação nuclear de fissão ou por decaimento radioativo.
    Enriquecimento Isotópico
    Processo pelo qual se obtém maior concentração de um dos isótopos do elemento químico. No caso do urânio, busca-se maior enriquecimento (concentração) de urânio-235.
    Esterilização por Radiação
    Uso da radiação para eliminar elementos indesejáveis (fungos, bactérias, germes, etc presentes em alimentos ou objetos diversos.
  •  

  • Filme Dosimétrico
    Embalagem opaca contendo filme fotográfico, para medir possíveis exposições às radiações ionizantes. É similar a um crachá.
    Fissão
    Divisão de um núcleo pesado em duas partes quase iguais, acompanhada da liberação de uma grande quantidade de energia e 2 ou 3 nêutrons.
    Fonte de Radiação
    De uma forma geral, qualquer material que emita radiação constitui-se em fonte de radiação. As fontes usadas na medicina, agricultura e indústria são " seladas ", isto é, encapsuladas de forma a impedir a disseminação do material radioativo
    Fusão
    Formação de um núcleo mais pesado a partir de dois núcleos mais leves. Neste processo ocorre a liberação de energia.
  •  

  • Gamagrafia
     
    Técnica muito utilizada na indústria e construção, a gamagrafia é uma radiografia obtida através de raios gama. Por meio deste processo, pode-se detectar defeitos ou rachaduras no corpo das peças.
    Na construção do gasoduto Brasil-Bolívia, utilizou-se a gamagrafia para garantir a integridade das tubulações.
  •  

    Íon
    Átomo que perdeu ou ganhou um ou mais elétrons. Por meio de ionização, o átomo torna-se eletricamente carregado.
    Ionização
    Processo de adição ou remoção de um ou mais elétrons a um átomo, criando íons. A ionização pode ser causada por grandes temperaturas, descargas elétricas ou radiações.
    Irradiação de Alimentos
     
    Processo cada vez mais usado em todo o mundo para melhorar a qualidade de frutas frescas, grãos e vegetais, prevenindo o brotamento, retardando a maturação e aumentando o tempo de conservação dos alimentos. Consiste em submetê-los a pequenas doses de radiação, por um tempo determinado.
    Isótopos
    Dois ou mais nuclídeos que possuem o mesmo número atômico, mas com diferentes massas atômicas. Isótopos possuem propriedades químicas iguais, mas algumas propriedades físicas diferentes.
    Material Físsil
    Material que sofre fissão por nêutros térmicos. Exemplo: urânio-235, plutônio-239 e urânio-233.
    Material Fissionável
    Material que, como o urânio-238, sofre fissão apenas por nêutrons rápidos. Também designa combustível nuclear.
    Meia Vida
    Cada elemento radioativo se transmuta a uma velocidade que lhe é característica. Meia-vida é o tempo necessário para que a sua atividade seja reduzida à metade da atividade inicial. Alguns elementos possuem meia-vida de milionésimos de segundos. Outros, de bilhões de anos.
    Molécula
    Menor porção de uma substância que mantém sua composição e propriedades químicas. É formada por grupos de átomos.
    Monitoração de Radiações
    Determinação contínua e periódica da quantidade de radiação presente em uma determinada área.
    Nêutron
    Partícula elementar sem carga, encontrada no núcleo de átomos mais pesados que o hidrogênio. São os nêutrons que mantêm a reação de fissão em cadeia no reator nuclear.
    Núcleo do Átomo
    Parte central do átomo, com pequeníssima dimensão (1/10.000 do diâmetro do átomo), mas que contém praticamente toda sua massa. É composto de prótons e nêutrons.
    Núcleo do Reator
     
    Porção central de um reator nuclear, contendo os elementos combustíveis.
    Reator de pesquisa Triga-Mark, localizado no CDTN, Instituto da CNEN em Minas Gerais.
  • Radiação
    Energia que se propaga através da matéria ou do espaço em forma de onda ou partícula.
    Radiação Ionizante
    Qualquer radiação que retira ou desloca elétrons dos átomos, produzindo íons.
    Radiação Natural
    Radiação existente no meio ambiente, proveniente de raios cósmicos, de elementos radioativos naturais, etc.
    Radioatividade
    Decaimento espontâneo ou desintegração de um núcleo atômico instável.
    Radioisótopos
    Isótopo radioativo. Isótopo instável de um elemento que decai ou se desintegra, emitindo radiação.
    Radioproteção
    Conjunto de medidas que visam proteger o ser humano e o meio ambiente de possíveis efeitos nocivos causados pela radiação ionizante.
    Raios-X
    Os raios-X são emitidos quando elétrons acelerados por alta voltagem se lançam contra uma chapa de tungstênio e sofrem frenagem, perdendo energia. Têm a mesma natureza da radiação gama, diferindo apenas pela origem. Os raios-X não saem do núcleo do átomo. Por isso, não são energia nuclear. Os aparelhos de raios-X não são radioativos; só emitem radiação quando estão ligados (em operação).
    Reação em Cadeia
    Reações sucessivas. Numa reação de fissão em cadeia, um núcleo de um material físsil absorve um nêutron e fissiona-se, liberando 2 ou 3 nêutrons, que, por sua vez, são absorvidos por outros núcleos físseis, repetindo o processo.
    Rejeitos Radioativos
     
    Qualquer material resultante de atividades relacionadas a radionuclídeos (materiais radioativos) em quantidades superiores aos limites estabelecidos por normas da CNEN, para o qual a reutilização é imprópria ou não prevista. Comumente emprega-se a expressão lixo atômico como referência ao rejeito radioativo.
    O gerenciamento de rejeitos, protegendo o meio ambiente e a população, é uma das atividades da CNEN. Na foto, um exemplo de tratamento químico e cimentação de rejeitos.
  • Salvaguardas
     
    Conjunto de medidas destinadas à proteção e ao controle de material nuclear, existente em qualquer planta ou instalação do chamado ciclo do combustível nuclear. Atividade que permite identificar, em tempo hábil, eventuais desvios de material nuclear, de forma a impedir sua utilização para fins não autorizados. A base legal das Salvaguardas provém de normas e acordos internacionais e do preceito constitucional que trata do uso exclusivamente pacífico da energia nuclear.
    Terras Raras
    Grupo de 15 elementos metálicos quimicamente similares (série lantanídeos), utilizados na fabricação de eletroeletrônicos, raios laser, supercondutores, supermagnetos, dentre outros materiais. As terras raras fazem parte da monazita, cuja constituição inclui também o urânio e o tório.
    Traçador Radiativo
     
    Pequena quantidade de um isótopo radioativo incorporado a um sistema, com a finalidade de definir seu percurso ou localização. Tem diversas aplicações na medicina, indústria, agricultura e na proteção ao meio ambiente.
    Traçadores radioativos podem identificar as causas da poluição nos rios
    Órbita
     
    Região ocupada pelos elétrons em seu movimento em torno do núcleo do átomo.